Módulo I - Legislação de Trânsito
Módulo II – Direção Defensiva
Módulo III – Noções de Primeiros Socorros, Respeito ao Meio Ambiente e Convívio Social
Módulo IV – Relacionamento Interpessoal

Comunicação

“Comunicação não é o que você fala, mas o que o outro compreende do que foi dito”, Claudia Belucci

A comunicação

Todos os relacionamentos que o indivíduo cultiva durante a vida apresentam uma característica em comum: a comunicação, e ela deve ser clara e objetiva.

Além de uma boa comunicação, são valores essenciais nos relacionamentos interpessoais:

  • Respeito.
  • Flexibilidade.
  • Humildade.
  • Paciência.
  • Equilíbrio.
  • Empatia.
  • Receptividade.
  • Igualdade.
  • Educação.

Responsabilidade no trânsito

  • Boas atitudes entre condutores e/ou pedestres têm o poder de promover o respeito e a cidadania.
  • A comunicação entre os usuários do trânsito deve ser simples e objetiva, para que não dê margem para má interpretação. Mensagens curtas e rápidas facilitam a compreensão entre condutores e/ou pedestres, contribuindo para a boa fluência do trânsito e evitando acidentes.
  • Compreender certas atitudes incorretas dos outros motoristas, pois, provavelmente, não tiveram a oportunidade de analisar suas atitudes e melhorar seu comportamento no trânsito. Não reagir: um erro não justifica o outro.
  • Condutor consciente – em uma situação delicada, de tensão ou situação crítica, pensa antes de agir.
  • Congestionamentos, incidentes e situações tensas geram irritação e desconforto. É preciso manter a cabeça fria e escolher o momento ideal para agir, pois qualquer gesto ou atitude imprópria pode gerar confusão e até sinistros.
  • O veículo é um meio de locomoção e não deve ser utilizado para demonstrar superioridade. O condutor também não deve se prevalecer do porte do veículo ou da potência do motor. Todos os condutores têm o dever de respeitar os direitos dos outros, independente do veículo que está dirigindo.