Módulo I - Legislação de Trânsito
Módulo II – Direção Defensiva
Módulo III – Noções de Primeiros Socorros, Respeito ao Meio Ambiente e Convívio Social
Módulo IV – Relacionamento Interpessoal

Primeiras providências

Ao se deparar com um acidente devemos:
  • Transmitir confiança, tranquilidade e segurança.
  • Agir rapidamente, porém dentro dos próprios limites.
  • Usar conhecimentos básicos de primeiros socorros.
  • Algumas vezes, saber improvisar tomando todos os cuidados necessários.

Conhecer o tipo de acidente ajuda a avaliar a origem e a natureza dos ferimentos, a direção e intensidade do impacto e a maneira como afetou a vítima.

Se não for profissional de resgate, limite-se a fazer o mínimo necessário até a chegada do socorro.
As prováveis situações de risco no local do acidente são:
  • novos acidentes e atropelamentos;
  • derramamento de combustível;
  • cabos eletrificados.

Qualquer tipo de colisão pode trazer sérias consequências, tais como, fraturas, traumas, sequelas e até mesmo a morte.

Em caso de motociclista caído na pista, devemos sempre desconfiar de:
  • fratura de coluna cervical;
  • fraturas no quadril e nas pernas.

Colisões frontais

  • Cabeça – lesões na face e no crânio.
  • Pescoço – fratura ou deslocamento das vértebras.
  • Tórax – fratura nas costelas e lesões nos pulmões.
  • Abdômen – lesões nos rins, baço e intestinos etc.
  • Membros – contusões e lesões múltiplas.

Colisões traseiras

  • “Efeito chicote” na cabeça e no pescoço.

Atropelamentos

Politraumatismos causados por 3 impactos:

  • Veículo contra as pernas.
  • Vítima contra o capô.
  • Vítima contra o solo.