Módulo I - Legislação de Trânsito
Módulo II – Direção Defensiva
Módulo III – Noções de Primeiros Socorros, Respeito ao Meio Ambiente e Convívio Social
Módulo IV – Movimentação de Cargas

De tempo

Podem alterar as condições de dirigibilidade. Chuva, vento, granizo, neblina, entre outros, aumentam os riscos na condução. No caso de pilotagem de motos, os riscos são maiores.

Chuva

  • Compromete a visibilidade.
  • Diminui a aderência dos pneus.
  • Aumenta o espaço de frenagem.
  • Dificulta as manobras de emergência.
Para melhorar as condições de segurança na chuva:
  • dirigir em velocidade compatível com a segurança;
  • redobrar os cuidados, principalmente em frenagens e curvas;
  • aumentar a distância de segurança dos demais veículos;
  • as palhetas do limpador e o para-brisa devem ser mantidos limpos;
  • os pneus devem estar dentro do limite de desgaste.
Procedimentos de segurança para evitar a aquaplanagem:
  • sob chuva, reduzir a velocidade;
  • evitar frenagem ou movimentos bruscos;
  • estabelecer um padrão de condução seguro;
  • verificar sempre a qualidade dos pneus, principalmente a profundidade mínima recomendada para os sulcos.
Os veículos mais pesados possuem pneus mais largos para que haja uma maior aderência em pista molhada, mas isso não significa que não possam aquaplanar.

Neblina

É uma condição perigosa, principalmente nas estradas. Pode provocar colisões múltiplas, os engavetamentos:

  • exige cuidado e experiência;
  • trafegar com luz baixa acesa, mesmo de dia;
  • trafegar com velocidade baixa e constante;
  • parar somente em locais seguros.

Fumaça

A fumaça, além da perda de visibilidade, pode irritar os olhos e provocar sufocação:

  • os procedimentos de segurança são os mesmos da neblina;
  • sua ocorrência é mais repentina do que a neblina;
  • uma vez dentro de uma fumaça, é melhor não parar e seguir em frente em velocidade reduzida, até sair do local.